Trava-Línguas Em Vários Idiomas

Além de gerar boas risadas, trava-línguas servem como uma maneira divertida de aprender e ensinar sons específicos para alunos de idiomas.

Já que essas frases são construídas com palavras que jamais seriam usadas de uma só vez.

Há trava-línguas em todos idiomas, alguns exemplos deles abaixo (links naqueles com áudio abrem em outra janela):

Em português:

Sobre aquela serra há uma arara loura. A arara loura falará? Fala, arara loura!

Em alemão:  

Weite Wege wiederbringen weise Worte.
(caminhos longos requerem palavras sabias).

Em espanhol:

Que rapido corren los carros, cargados de azucar, del ferrocarril! 
(que rapido os vagoes do trem carregados de acucar correm).

Em inglês:

She sells shells at the sea shore. Are the shells she sells real seashells? 

(ela vende conchas no litoral. As conchas que ela vendem sao conchas mesmo?)

Em francês:

Je suis ce que je suis et si je suis ce que je suis, qu'est-ce que je suis? 

(sou quem aspiro ser e se sou quem aspiro ser, quem sou eu?)

Em finlandês:

Minä olen Pekka Pokka ja pokkani pitää. 

(me chamo Pekka poquer e meu poquer e bom).

Em italiano:

Trentatré Trentini entrarono a Trento, tutti e trentatré, trotterellando

(trinta e tres trentinos foram para Trento, todos eles trotando).

Em japones:
Shinkansen shurushuru shurushuru, senro ni sotte hashiru.
(o trem-bala anda nos trilhos fazendo tchu-tchu).

Em dinamarques:

Fisker Frits fisker friske fisk.

(O pescador Frits pesca peixe fresco)

Em grego:

Του το 'πα του παπού μου. 

(tu to pa tu papu mu – eu falei para meu avo).

Em mandarim?  

Niú niú hōng niú, niú nìng, niú niú níng niú. 

(niuniu (nome do menino) anda no boi, o boi e teimoso e nao quer andar, o menino entao belisca o boi)

Melissa

Poliglota, expatriada, cabeça-aberta, curiosa sobre tudo relacionado a idiomas.