10 Diferenças Entre O Português E O Espanhol

6.8.10 , 0 Comments

Aqueles que pensam que a língua portuguesa e espanhola são a mesma coisa estao enganados. Afinal de contas se as duas línguas fossem a mesma coisa, não teriam nomes diferentes :D

Mas fora isso há muitas outras diferenças entre o português e espanhol. A lista daquilo que faz essas duas línguas românicas únicas segue abaixo:

Fonética:

No espanhol há somente cinco sons de vogais, enquanto no português há doze sons para as vogais. Ou seja, a língua espanhola é mais fonética. 

O J:

Há muitos outros sons do português que não existem em espanhol. Entre eles:o [zh] no g de mágico e no j de jacaré. O som de [z] e o de [v]. O que faz com que palavras tais quais, ventana (janela) e zapato soem como [ben-ta-na], como [sa-pa-to] em espanhol.E S jamais terá o som de Z em espanhol. Nem quando estiver entre duas vogais.

O CH:

O ch em espanhol soa como tch em tchau ou tche. Então chocolate fica [tcho-co-la-te]. 

O H:

Já em português não ha o som de h aspirado como na palavra Mexico em espanhol que soa como [mê-rri-co].

Você e tu:

No espanhol o pronome tu é formal enquanto no portugues tu é informal. O mesmo ocorre com usted, que é formal em espanhol enquanto você é informal em português.

Os gêneros:

Muitas palavras mudam de gênero do espanhol para o português, ja vimos isso no post sobre palavras heterogêneas .

Falsos Cognatos:

Há também palavras heterossemânticas ou falso cognatos, as quais se escrevem de forma parecida porém têm significados completamente diferentes. Por exemplo: A palavra balcón em espanhol significa sacada, enquanto a palavra mostrador quer dizer balcão (de comércio). 

Mesma escrita mas soa diferente:

 Há tambem palavras que se escrevem da mesma forma porém são lidas de forma diferentes (palavras heterotônicas). Por exemplo: Academia que em portugues fica academia em espanhol fica academia.

O S:

Não há a grafia de ss em espanhol.

A ordem dos pronomes:

A ordem dos pronomes muda em espanhol e português, 

Melissa

Poliglota, expatriada, cabeça-aberta, curiosa sobre tudo relacionado a idiomas.