Como Aproveitar Sites De Idiomas

Há pessoas que pensam que é só eles colocarem um perfil em um site especilizado em “troca” de idiomas que eles aprenderão outra língua ( e sairão fluentes) em duas semanas.

Porém como nada é uma mar de rosas, eles percebem que o tempo passa e nada de realmente aprender esse bendito idioma. 

Quando isso ocorre muitos deles consideram o site de ineficaz, mas será que o problema não está do outro lado do computador?...Isso é o que veremos no post de hoje.



Primeiro devemos entender o que são esses sites  especializados em trocas de idiomas e como eles funcionam. Eles simplemente são comunidades onde usuários de diferentes países aprendem outro idioma através de lições e/ou conversas com contatos nativos de outra língua, ou seja, você cria um perfil e anuncia quais línguas você deseja aprender e quais você pode ensinar e procura se comunicar com aqueles usuários que possuem objetivos parecidos com os seus.

Muitos desses sites são grátis, porém há também aqueles nos quais o usuário deve pagar certa quantia mensal pelo material oferecido integralmente ou parcialmente. Você deve escolher qual o melhor tipo para seu caso. Antes de pagar qualquer coisa, certifique-se de que o método usado pelo site pode ser realmente de ajuda e que o site é seguro o suficiente para manter transações eletrônicas ( é o seu cartão de crédito que está em jogo, então fique esperto!).

Depois de ter criado um perfil conciso é preciso contatar pessoas que possam te ajudar. Se você não falar inglês (que é a língua internacional do momento, usada em toda internet) e quiser aprender outro idioma e ainda possua pouco conhecimendo sobre o mesmo, você deve buscar pessoas que falem esse idioma e também o português (se você fala inglês pode procurar por aqueles que falam a língua alvo e inglês). Se você já possui conhecimento intermediário da língua e gostaria de praticá-la, você pode buscar indivíduos nativos do idioma alvo.

Sempre peca para seus novos amigos deixarem comentários nos seus exercícios, mas não perca tempo enviando esses convites para aqueles que não têm nada a ver com a língua que você quer aprender. Você deve distinguir quem realmente pode te ajudar e quem está na sua lista de amigos mais para receber sua ajuda.

Em certos sites , como o Livemocha, é possível corrigir os exercícios dos outros usuários e com isso conseguir títulos e pontos como “professor da semana”. Quando se chega a determinada quantia de pontos pode-se “destrancar” cursos que previamente só podiam ser estudados se pagos. Acredite, eu consegui destracar cursos nesse site. Então quanto mais você ajudar mais pontos você ganhará. 

Mas uma coisa importante  é que se você não tiver algo importante a dizer, não diga nada. Somente ajude quem você pode ajudar realmente e ofereça dicas boas.  Alias se receber uma correção que for realmente de ajuda, não se esqueça de agradecer o usuário que te ajudou. Dessa maneira você constrói uma reputação no site que, acredite, aumentará sua rede de ajuda.

Já em outros sites, tal qual o My Language Exchange, onde a ênfase é dada para chats, video chats e audio chats, há “roteiros” que são como mini lições que dão idéias caso você não tenha idéia sobre o que conversar. Vale lembrar que nesse site é preciso já ter nível pelo menos intermediário no seu idioma de interesse, pois muitos dos usuários estão lá especificamente para conversação e para praticar.

Se você seguir as dicas acima é provável que você se torne uma sensação do site e receba muitos convites e oportunidades para bater papo, porém se você se sentir “entupido” com pedidos coloque o sinal de ocupado e não esqueça de estudar as lições grátis oferecidas. Pois elas são a base necessária para suas conversas com estrangeiros dispostos a bater papo contigo.

Lembre-se também que aprender línguas tanto da maneira tradicional quanto através desses sites exige tempo e disciplina. Faça os exercícios, ajude os demais, tire suas dúvidas e divirta-se!

Melissa

Poliglota, expatriada, cabeça-aberta, curiosa sobre tudo relacionado a idiomas.

0 comentários: