Como Reduzir Sotaque Ao Falar Outra Língua?

28.4.10 , 0 Comments

Como me livro do meu sotaque? Para saber a resposta é preciso entender porque há sotaques considerados fortes.  Há duas teorias sobre o porquê indivíduos variam no seus níveis de sotaque ao falar outro idioma.

A primeira delas afirma que o sistema da sua língua materna limita os sons que você pode reproduzier ao falar um idioma diferente do seu. Daí a dificuldade em aprender um som numa língua que não existe na sua. Como o TH em inglês, por exemplo.

Já a segunda diz que o que realmente influencia o seu sotaque é o tipo de imagem que você deseja passar aos nativos do idioma que você está aprendendo e com os quais você está se relacionando.

De acordo com um estudo realizado pela universidade de Haifa, em Israel, é você quem dita se seu sotaque será forte ou não ao falar em outro idioma. Então parece simples, não? Afinal, você teria todo o controle sobre seu nível de sotaque ao falar sua língua alvo.

Para chegar a essa conclusão, a pesquisa envolveu dois grupos distintos de pessoas. Um deles formados por árabes e outro por russos. Os participantes de ambos grupos aprenderam hebreu entre 7 e 13 anos de idade.

Os pesquisadores descobriram que no grupo dos russo, quanto mais a pessoa se identificava com a cultura hebraica, menos sotaque eles pareciam ter. Segundo eles o motivo para isso é ser aceito e incluso na sociedade Israelense.

Já o grupo de falantes árabes mantinham um sotaque forte para que fossem identificados como árabes em Israel.

Resumindo, é voce quem controla se seu sotaque será perceptível para um estrangeiro nativo do idioma ou quase imperceptível.

Se você tem sotaque brasileiro forte ao falar inglês, por exemplo, patriotismo e/ou anti-americanismo pode ser a razão (mas há outros motivos que podem levar a tal) pois ao falar com sotaque você será identificado como estrangeiro e inconscientemente você não deseja "perder" sua identidade brasileira.

Para realmente falar como um nativo, é preciso aceitar e mergulhar realmente na cultura e tradicoes do país deles e procurar algo nela com a qual se identificar.  A partir dai reduzir seu sotaque é uma possibilidade tangível.


Melissa

Poliglota, expatriada, cabeça-aberta, curiosa sobre tudo relacionado a idiomas.