Línguas Que Possuem Inteligibilidade Mútua

10.2.16 0 Comments

Nordic keys


Quem é o brasileiro que nunca foi ao exterior e teve que ouvir uma ou as duas coisas a seguir:

1.   Que assumem que no Brasil se fala espanhol e
2.   Que entendemos espanhol perfeitamente (mesmo se não falarmos o idioma).

Embora cá entre nós, o espanhol e a língua portuguesa sejam “parentes” no seu galho linguístico, nem todo brasileiro entende o que falantes de espanhol dizem e muito menos conseguem ser entendido pelos últimos sem ter estudado espanhol.

O portunhol está mais para embaraçoso do que algo que funciona na realidade.

E quem de vocês ouviu algo em italiano e conseguiu entender quase tudo que eles diziam ou tudo? Sem saber nada ou muito pouco desse idioma?

Esses são exemplos de inteligibilidade mútua, que é a habilidade de um falante de uma língua de entender o falante de outro idioma similar.

Quando os dois se entendem ela é chamada de inteligibilidade mútua, quando só um dos lados entende, ela é chamada de inteligibilidade assimétrica.

Como nos definimos pelo nosso idioma, sempre achei isso comum com falantes de português e do espanhol. Mas descobri através de experiências pessoais que russos e ucranianos também passam pela mesma coisa.

É interessante ver a reação de um ucraniano ao perguntar se o que ele estava falando era russo. Não tem preço. Agora sei que o russo e ucraniano são inteligíveis entre si.

Mas há falantes de outros idiomas que passam pela mesma coisa. Veja uma lista deles abaixo:

  • Suéco, dinamarquês e norueguês: Já ouvi de um dinamarquês que eles entendem um pouco de alemão também, mas isso é devido ao conhecimento que muitos deles têm de inglês e do alemão simultâneamente e desde pequenos.

  • Finlandês e estoniano.
  • Checo e eslovaco.
  • Holandês e africâner e alemão.
  • Servo-croata e esloveno.


Há também outras distinções de classificação de línguas com inteligibilidade mútua. 

Algumas se dão somente ao ouvir outro idioma (por duas línguas serem escritas em alfabetos diferentes, por exemplo) ou somente na forma escrita (pela pronúncia ser completamente diferente entre as duas).

Os exemplos dados acima são tanto na forma escrita quanto falada.

Melissa

Poliglota, expatriada, cabeça-aberta, curiosa sobre tudo relacionado a idiomas.

0 comentários: